Postagens

Uma carta de orgulho, admiração e perdão

Imagem
Eu tenho tanto orgulho do Jefferson de 2008 que não consigo conter a emoção enquanto escrevo este texto.

Em 2008, eu era só um sonhador que tinha sonhos inimagináveis para um filho de Antônia. Ah, eu era cristão, na época eu congregava em uma igreja evangélica. Não congrego mais, continuo cristão, talvez mais do que antes.
Em 2008, eu tinha síndrome do patinho feio. Isso pode parecer uma piada, mas é uma doença. Você, influenciado por reforços externos e apontamentos de terceiros, passa a ser ver menos, por isso toma uma atitude de autossabotagem, evitando se cuidar e sempre se achando inferior às pessoas ao seu redor.
Em 2008, eu tinha um grande amor que mal olhava para mim. Lembro que eu lhe escrevia cartas, uma por dia, com frases de amor e músicas, compartilhava planos, desejos, medos, eu me abria nas cartas. Um dia essa pessoa sentou no pátio da escola e junto com os amigos rasgou todas essas minhas cartas, eu vi tudo. Lembro do quanto eu me dedicava na escrita, escrevia com minha m…

Como uma gérbera: as dores são internas

Imagem
Por Jefferson Sampaio
Às vezes sinto que estou morrendo por dentro, que vou morrendo com um sorriso no rosto, com uma casca que não consegue transparecer isso. Minhas pétalas vão ficando intactas enquanto vou apodrecendo internamente.
Não é fácil reconhecer isso, mas é necessário. As feridas são grandes e a angústia uma constante. Isso tudo dói. Meus demônios internos verberam-se, constantemente ao som mórbido de uma tarde de calor sem vento.
Novamente me sinto aéreo. As coisas estão acontecendo e eu não as controlo. Isso tudo dói. Ao mesmo tempo em que tudo parece parado, sinto como se as dores estivessem evoluindo, ela não para, não cansa, não descansa, vai corroendo como se fosse um córrego indo em direção ao rio. Parece que meu estômago foi corroído, ele geme a todo momento, uma gastura horrível de que não está nada bem. 
As coisas acontecem de uma forma tão independente que eu me culpo por não conseguir reagir. A culpa toma conta de mim. Não consigo me perdoar, os perdões estão embru…

Para entender o cristianismo: uma vida baseada no amor

Imagem
Ele me amou. Ele me ama. Ele é amor.
"É fácil amar quem te ama, ame quem quer o seu mal", foi o que Ele me disse. 
"Jefferson, as coisas não acontecem de uma hora para outra. Tudo é um processo. No deserto, fiquei 40 dias e lá tive que me encontrar e entender minha missão. Entenda a sua: você nasceu para amar. Materialize esse amor. Quantas pessoas te amam ao seu redor? É fácil abraçá-las, beijá-las, comer com elas. E quem não te ama? Evolua e mentalize coisas boas para elas. Libere o perdão, se perdoe. Você precisa disso. Fui o mais humilhado entre os homens e você como meu seguidor precisa viver isso, de algum modo. Não porque quero o seu mal, mas porque quero te preparar para algo maior. Algo bem maior. Seu coração precisa ser puro, limpo, habitat de paz, de mansidão, de verdade. Não deve caber dentro de você ódio, rancor, medo, insegurança. Você precisa ser seguro, muitos esperam isso de você. Você é um espírito velho, não cabe mais meninices. Seja forte, eu fui forte…

O fogo nunca dorme, o fogo nunca apagará

Imagem
Por esses dias eu ando esgotado, parece que as minhas forças acabaram e a minha criatividade tirou férias. Sinto-me como um verdadeiro indigente que tem seguido a vida, somente seguido, sem muito ânimo e sem tantos encaminhamentos. Há a presença de uma sensação estranha de flutuação, parece que as coisas que acontecem não estão acontecendo e que eu que deveria estar ciente de tudo, não passo de um expectador.
Não há novidade, inovação, nem criatividade. Existem alguns poucos sorrisos que solto vez ou outra quando estou com pessoas mais próximas. Um sorriso amarelo que denuncia a mesmice, essa por sua vez me toma. Mesmos dias e pessoas, mesma desvontade de fazer as coisas, as coisas na realidade já não tem importância, estão ali e por ali ficam mesmo. 
O mesmo abajur de sempre, com a mesma luz, iluminando o mesmo quarto, com a mesma cama no centro, o mesmo guarda-roupa, o mesmo caixote servindo como mesa de cabeceira. Nada mudou, é de uma mesmice fúnebre. Queria que fosse diferente, mas …

O que seria de um vencedor sem suas guerras para lutar?

Imagem
Se posso te dar um conselho, seria: seja amável e verdadeiro consigo mesmo e com o próximo. Poderia dizer que essa é a chave da vida, aquela que vai te fazer ter dias melhores e chorar menos. 
[...]
Com o passar dos tempos, as sessões de terapia e minhas conversas com Cristo eu aprendi que todo sofrimento é passageiro, do pequeno ao grande, e todos eles nos ajudam a sermos pessoas melhores. Isso acontece quando nos permitimos encará-los de frente, sorrir, chorar, entender, buscar soluções e tentar efetivá-las. É um processo tão difícil que muitos se deixam abater no meio do processo e escolhem ou jogar a dor para debaixo do tapete ou deixar-se ser tomado por ela. Os dias ficam cinzas, tudo incomoda, o choro é uma constante, um incômodo no estômago que não passa, uma vontade de sumir... ela vai moldando nossos dias e quando vemos não estamos mais vivendo a vida, somente sobrevivendo.
Em todos os meus momentos de dor, Cristo esteve comigo. Ele sempre esteve comigo, no dia em que tentei me …

Sobre contágio energético positivo: um breve relato sobre o X Encontro Nacional dos Estudantes de Secretariado

Imagem
Existe fogo no secretariado. Um fogo quente que ateia calor até nos corações mais gelados. Um fogo que não se apaga, renasce, reaviva diariamente. Um fogo que mesmo em meio a desesperança, pulsa forte e aquece, inquieta. Esse fogo é jovem, ousado, diferente, informal, de excelência e de plenitude.
Durante 4 dias, tive a oportunidade de me emocionar várias vezes, sorrir, cantar, dançar, fazer novas amizades, conhecer amigos e colegas de redes sociais, jogar prosa fora sobre a vida e pensar um pouquinho sobre o secretariado. Isso tudo aconteceu durante o X Encontro Nacional dos Estudantes de Secretariado - X ENESEC, que aconteceu na Universidade Federal de Pernambuco, em Recife. Os organizadores do evento foram discentes do secretariado que atuam dentro do Diretório Acadêmico do curso da UFPE.
O evento contou com a participação de discentes, docentes e profissionais de secretariado de todas as regiões do Brasil e possibilitou espaços de diálogo e debate sobre a profissão, a vida acadêmica…

Por uma metodologia aplicada à construção do conhecimento secretarial

Imagem
Como comentei em meus outros textos, não precisamos ser uma ciência para refletir de modo elaborado a nossa atuação. Esse é o nosso ponto de partida. E hoje proponho uma nova ideia, na realidade uma informação que precisamos ter bem estabelecida em nossas mentes: o país onde o secretariado é mais organizado, no que se refere à legislação, código de ética, cursos de graduação e pós-graduação e órgãos de classe é o Brasil. Há a incidência de cursos de ensino superior em secretariado na Argentina e no Peru (verificar http://www.secretariasenred.com/uploads/INSTITUTOS%201.htm) e em Portugal (verificar http://www.universia.pt/estudos/secretariado-trabalho-administrativo/dp/682). Além disso é possível ver uma organização das profissionais de secretariado em Moçambique, Suíça, Espanha (verificar https://aspm.es/ e http://dev.tussecretariasonline.com/) e Portugal (verificar http://www.asp-secretarias.pt/). Em vários outros países é possível perceber a incidência de cursos de curta duração par…